29 de março de 2012

Desabafo (antigo) de Uma Mãe #126 / Republicando

Minha Avó paterna teve 18 filhos e a materna 13.

Viviam numa época em que não havia Fralda descartável, chuveiro elétrico, Mucilon, Papinhas Nestle, Revista Crescer e muito menos Içami Tiba.

Ai estão meus tios e tias, crescidos, com seus defeitos sim, mas todos com respeito aos pais e fora um outro, todos são pessoas normais.
E vou te contar, levavam um Cacete Bravo.

Todos apanharam e muito e pelo que pude constatar, não se recordam com magoa dos tabefes merecidos.

Eu não cresci numa família das novelas das 8, cresci sem referencia de autoridade, por que meu pai era ausente e vivíamos em casas cheias de tios e tias, todos com opiniões conflitantes sobre como cuidar de crianças.

O meu namorado tem pais bem conservadores e segundo ele nunca apanhou de pai/mãe, mas também não podemos dizer que ele tenha uma relação de amizade com eles. São Pai e Mãe e ponto.

Durante a gravidez, chegamos a conversar sobre como proceder em algumas situações, ele tinha muito mais teorias do que eu, e pra ser sincera, muitas vezes nem mesmo ouvia o que ele falava sobre que atitude tomar, por que no fim pouca coisa se aplica. E era tão irreal pensar em Educação quando eu ainda teria que enfrentar o Parto. Arrependo-me de não ter escutado ele com mais atenção, pois às vezes percebo a decepção dele a me ver ter algumas atitudes.

Mas eu as Tomo, não fico Alheia. Por que acho que o mais importante que a gente tem que aprender e que livro nenhum ensina é Cada Caso é um Caso.

Não adianta assistir Super Nany e achar que descobriu O Segredo.
Não.
Não mesmo.

Eduarda sempre foi uma criança bacana, cansei de elogiá-la e o fazia sem hipocrisia.

Ela ainda é muito boa. Mas seu comportamento tem sofrido com a influencia do ambiente. Tem adotado atitudes dos adultos e como sempre está atenta a nossas ações, costuma optar por seguir sempre o nosso pior exemplo.
Ela não tem os olhos azuis do pai, mas sua constituição física é herança dele. E claro, ela tinha que sair com meu mau gênio.

E dois gênios bons já não é fácil de se conviver, quem dirá quando o Instinto é Bater de Frente.


Ela não cede.
Chorar até cansar. Não oscila. Eu quero e pronto.
E comigo não funciona.
Mas ela tenta.
Nesse ínterim, volta e meia ela leva umas Palmadas na Bunda.

Criticas?
Ok.

Eu também não concordo com um monte de coisa que vocês fazem. rs

Duda apanha e sabe por que tá apanhando. Não entende o que é castigo ainda, ai eu coloco ela sentada e ela levanta. Perda de tempo.

Apanha sempre na Bunda.

Com firmeza. É sério.

Agora com a ameaça de apanhar ela para. Mas nem toda vez. Às vezes teima.
E anda soltando a mão nos outros.

Reflexo, eu sei.

São conseqüências que terei que administrar.
Poxa, cadê meu manual??

Tudo é ruim de administrar e até mesmo de contar, cansei.




PS: Esse texto foi publicado Originalmente no blog que tenho da Duda.

Xeiros

Read more: http://www.calcinhafrufru.com.br/2011/10/coisas-de-aline-desabafo-antigo-de-uma.html#ixzz1noWT9gus

3 comentários:

  1. Alguém me diz onde comprar esse manual?

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto, porém..discordo com "quase" tudo...kkkkk! mas isso é assunto pra mais de metro!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Aff...Difícil educar!

    ResponderExcluir